Spiranthes aestivalis

Uma curiosa espécie de orquídea existente em Portugal.

Spiranthes aestivalis

(Poiret) L. C. M. Richard

Planta de pequeno porte, entre os 12 e os 30/35 cm,  composta por 4 a 6 folhas basais, linear-lanceoladas, verde vivo e dispostas na vertical.  O caule é piloso, verde amarelado, com brácteas estreitas e agudas, encimado por uma inflorescência  solta, normalmente composta por  6 a 30  flores muito pequenas, distribuídas de forma helicoidal e  na horizontal, de cor branca, com sépalas e pétalas dispostas em forma de tubo ou campânula e um labelo proeminente, oblongo e serrilhado na extremidade.

Espécie muito rara em Portugal, com apenas algumas pequenas populações conhecidas, muito localizadas, uma no norte do país e outra na região centro, aparecendo depois mais a sul, em algumas ribeiras do Baixo Alentejo e Algarve, em solos pouco ácidos e muito húmidos, muitas vezes alagados durante a maior parte do ano.

Em regra geral, a época de floração ocorre sempre de Junho a Julho, podendo por vezes estender-se a Agosto, de acordo com as regiões de ocorrência e as condições climáticas. Para ser observada requer bastante atenção, devido ao seu pequeno porte e à dissimulação no meio ambiente.

Fotos A e B tiradas em Vila do Conde

Texto e Fotos da autoria de Américo Pereira

Direitos reservados ao Clube dos Orquidófilos de Portugal

Bibliografia: DELFORGE, P. (2005) – Guide des Orchidées d’Europe, d’Afrique et du Proche-Oriente – 3e Edition. Delachaux et Niestlé S. A. – Paris
 
Monteiro, José Alfredo Brites (2008) – Orquídeas Silvestres Beira Litoral  – Coimbra

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios *