Cephalanthera longifolia

Conheça esta bonita orquídea, uma das espécies existentes em Portugal.

Uma das mais belas orquídeas da nossa flora, sendo, simultaneamente, uma das mais fáceis de observar, tanto pela exuberância da sua planta, como pelo branco imaculado das suas flores.

Planta esbelta, muito frondosa, de 25 a 40 (60) cm de altura, de folhas linear-lanceoladas, dispostas ao longo do caule, de forma ereta, atingindo estas cerca de 18 cm de comprimento, sendo as superiores mais curtas e em forma de brácteas. A haste floral assume a forma de espiga, com um número variável de flores, normalmente de  5 a 25, brancas, com o epiquilo amarelo-alaranjado.  As suas flores têm, sobretudo nas horas mais quentes do dia, um leve e agradável perfume.

É uma das poucas orquídeas que podemos encontrar em populações dispersas, por vezes localmente abundante, do extremo norte ao extremo sul do país, tendo preferência por solos calcários ou xistosos, mas podendo, por vezes, ser encontrada em locais de solos mais ácidos, como é o caso da Serra do Gerês. Podemos encontra-la em espaços com pouca vegetação ou arborizados, com uma forte camada de manta morta.

A época de floração pode oscilar entre os meses de Março a Julho, tendo em conta a altitude, o clima de cada região e as condições meteorológicas de cada ano. Floresce sempre mais tarde no norte de Portugal.

 

© Texto e fotos de Américo Pereira para o Clube dos Orquidófilos de Portugal.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios *